Recursos de P&D viabilizam tecnologia para Educação
Postado em 22 de abril de 2019 Notícias

Investimentos da Lei de Informática na Zona Franca de Manaus possibilitaram a criação de ferramentas tecnológicas que vão auxiliar no ensino de crianças ribeirinhas e detentos no Amazonas.

 

 

O iTriad, Instituto de P&D da Triad Systems, assina Acordo de Cooperação Técnica com o Governo do Amazonas para implantação do “Projeto Educação 4.0 para Baixa ou Nula Conectividade”.

 

O Acordo também tem a participação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), SUFRAMA e o Grupo Positivo.

 

O projeto prevê o desenvolvimento de uma solução educacional off-line integrada por hardware e software para incluir digitalmente comunidades com baixa ou nenhuma conectividade à internet, em especial escolas públicas, e contribuir para a ressocialização de detentos e/ou reclusos, colaborando com o processo de alfabetização e aprendizagem de Português e Matemática.

 

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, ressalta a importância dos recursos de P&D para o desenvolvimento de novas tecnologias em prol do desenvolvimento da região. “Este é um exemplo disso. Somente em 2019, haverá algo em torno de R$ 1,2 bilhão em verbas de P&D para serem investidas em projetos como este e também de cunho biotecnológico. A missão da SUFRAMA é fiscalizar o emprego desses recursos para que nossa sociedade continue contando com iniciativas como esta, que possam vir a gerar emprego e renda e melhorar cada vez mais a qualidade de vida da nossa população”, destacou Menezes.

 

Para Sergio Junqueira, CEO do iTriad, a importância do “Projeto Educação 4.0 para Baixa ou Nula Conectividade” é a inclusão social de crianças e detentos. “A democratização da tecnologia, dando acesso ao ensino em escolas ribeirinhas e rurais e no sistema prisional do Estado, irá colaborar com o processo de alfabetização e aprendizagem de Português e Matemática”.

 

As primeiras etapas do projeto serão o desenvolvimento de plataforma adaptativa off-line, que será integrada por conteúdos multimídia como vídeos, videoaulas, atividades interativas, jogos e textos, além do mapeamento e seleção das instituições a serem contempladas. A previsão é de que as soluções educacionais sejam disponibilizadas no começo do ano letivo de 2020.

 

O iTriad é um instituto de tecnologia privado, credenciado no CAPDA, CATI e qualificado OSCIP. Fundado em 2011, atua no desenvolvimento de soluções para os mercados industrial, telecomunicações, educação, segurança e agronegócio.

 

 

Na Imprensa

 

2019-04-15 – Segs: Portal Nacional de Seguros

 

voltar

Busca

Youtube

Siga nossas redes sociais